Dissertation Writing service Buy Dissertation Online essay writing service cheap essay writing Curso de Ciências Econômicas da UAST promove videoconferência com ex-Ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega | Unidade Acadêmica de Serra Talhada
 

Curso de Ciências Econômicas da UAST promove videoconferência com ex-Ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega

O WEBNAR de Economia, promovido pelo curso de Ciências Econômicas da Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UAST), teve como convidado o ex-Ministro da Fazenda do governo Sarney Maílson da Nóbrega, com o tema "O desafio fiscal e as perspectivas da economia”. Participaram como mediadores os professores da UAST, Adelson Santos e Kleyton Siqueira.

Os mediadores abriram a palestra ressaltando a atual discussão sobre o aumento expressivo da dívida interna e o desequilíbrio fiscal, elementos cruciais para manutenção da estabilidade econômica do país. Na visão de Maílson da Nobrega, o reestabelecimento do crescimento equilibrado perpassa por essas duas vertentes. Na opinião do ex-ministro as medidas pó-pandemia dependem do ajuste fiscal, com forte redução dos gastos públicos e, em certa medida, aumento da tributação. Neste último, a tributação não deveria ocorrer sobre o consumo, porque, diante do seu caráter regressivo, esse tipo de tributação onera em maior proporção a população mais pobre.  Assim, ele defende o aumento de impostos que afetam diretamente a classe média/alta, a exemplo do retorno temporário do ICMS.

Outro ponto destacado na palestra versa sobre o equilíbrio das contas do governo.  O aumento sem precedentes da participação da dívida pública no PIB é preocupante. Na opinião de Maílson da Nóbrega, para além das medidas adotadas pelo atual governo diante da pandemia, através da PEC do Orçamento de Guerra, é preciso primar pelo controle dos gastos para evitar que o país volte a experimentar os efeitos do descontrole do governo e o retorno da inflação.

Diante de qualquer proposição de política de estabilização econômica pós-pandemia, Maílson da Nóbrega salienta que a falta de coordenação política do governo gera um elemento preocupante: a falta de confiança dos mercados sobre a economia brasileira.  Se faz necessário, primeiramente, recompor a estabilidade política para tornar as medidas do governo de políticas anticíclicas criveis para os agentes.

Além dos mediadores, participaram do debate professores de economia da UAST/UFRPE, Sede/UFRPE, CAA/UFPE, estudantes do PPGE/UFF e representantes do Sebrae-Serra Talhada, abordando temas como a inércia da economia diante de políticas de austeridade fiscal e consecutivas reduções na taxa básica de juros , os efeitos da PEC 45/2019 sobre o consumo das parcela mais pobre da população e medidas de apoio a indústria versus o agronegócios.

A programação, iniciada neste mês de junho, conta com a parceria entre o Curso de Ciências Econômicas da UAST/UFRPE e a equipe do E&P Econômicas - Decon/UFRPE Sede, com apoio do CORECON-PE, do grupo de pesquisa FINDE/UFF e dos representações locais Jodibe, CDL – Serra Talhada, Sindcom – Serra Talhada.

O WEBNAR de Economia da UAST tem continuidade no próximo dia 26 de junho, às 15h, com a apresentação da palestra do professor de economia da FGV-SP, autor do recém-lançado livro Brasil, uma economia que não aprende, Paulo Gala.